FANDOM


The Legend of Zelda: Majora's Mask
The Legend of Zelda - Majora's Mask (logo)
Desenvolvedor(es) Nintendo
Publicador(es) Nintendo
Planejador(es) Shigeru Miyamoto
Eiji Aonuma
Mecanismo Uma versão melhorada do mecanismo de Ocarina of Time
Data de Lançamento N64
JP - Abril 27, 2000
NA - Outubro 26, 2000
EU - Novembro 17, 2000
Edição de Colecionadores
JP - Abril 1, 2004
EU - Novembro 14, 2003
NA - Novembro 17, 2003
AUS - Março 19, 2004
Virtual Console
PAL - Abril 3, 2009
JP - Abril 7, 2009
NA - Maio 18, 2009
Gênero Ação-Aventura
Modos Um Jogador
Classificações ELSPA: 11+
ESRB: E
OFLCA: G8+
PEGI: 7+ (GCN)
Plataformas Nintendo 64
Nintendo GameCube
Virtual Console
Mídia Cartucho N64 de 256 Mbit (32 MB)
Nintendo GameCube Game Disc
Requerimentos Expansion Pak (Nintendo 64)
21 Memory Card Blocks (Edição de Colecionador)
1 Memory Block (Wii Virtual Console)
Entrada Gamepad
"Durante as minhas viagens, uma máscara muito importante foi-me roubada por um diabinho na floresta... Tudo o que peço é que recuperes a minha máscara preciosa que o diabinho me roubou... Porque, para alguém como tu, não deve ser uma tarefa difícil... Exceto... O único problema é... Eu sou uma pessoa muito atarefada... E tenho de partir dentro de três dias. Ficaria tão feliz se a conseguisses recuperar antes que o meu tempo acabe..."
Vendedor de Máscaras Felizes

The Legend of Zelda: Majora's Mask (ゼルダの伝説 ムジュラの仮面 Zeruda no Densetsu Mujura no Kamen?) é o sexto jogo da série de video-game Legend of Zelda e o segundo e último jogo a ser lançado na Nintendo 64. Foi lançado em 27 de Abril de 2000 no Japão, 24 de Outubro de 2000 no Canadá e Estados Unidos, e na Europa em 17 de Novembro de 2000. Este jogo é um dos jogos mais bem sucedidos de Zelda, vendendo aproximadamente 314.000 cópias na primeira semana e mais de três milhões de cópias no total.

O jogo conta com uma história incomum para um jogo de Zelda. Em vez de se encontrar em Hyrule, o que é frequente em muitos jogos de Zelda, Link vai parar à terra de Termina, um mundo paralelo a Hyrule, com muitas personagens fisicamente idênticas às pessoas de Ocarina of Time. Uma misteriosa máscara conhecida como a Majora's Mask foi roubada por um malicioso diabinho, conhecido como Skull Kid, e ele está a usá-la para atrair a Lua, o que irá destruir Termina inteira. Link tem de evitar a destruição completa em três dias. Devido a esta atmosfera de apocalipse iminente e ao tema que retrata constantemente a morte, assim como alguns designs sinistros presentes no jogo inteiro (por exemplo, a lua, as caras das máscaras, etc), muitos jogadores consideram Majora's Mask um jogo escuro. Alguns associam este aspeto negro à elevada frequência do número quatro -- sítios, templos, máscaras, bosses, etc -- , já que o número quatro em japonês (四 shi), também é sinónimo de morte (死 shi).

Ao contrário de Ocarina of Time, para jogar Majora's Mask é preciso um Expansion Pack, o que permite um maior número de polígonos, resultando em gráficos melhores. Embora bem recebido pelas críticas -- que elogiaram as melhorias gráficas e uma história original comparada ao seu antecessor -- , foi constantemente comentado que a atmosfera negra do jogo e jogabilidade baseada em tempo provocariam um apelo geral menor ao de Ocarina of Time; de facto, as vendas de Majora's Mask nunca o ultrapassaram.

Enredo Editar

Início Editar

"Na terra de Hyrule, ecoa uma lenda. Uma lenda mantida pela Família Real que fala de um rapaz... Um rapaz que, depois de enfrentar o mal e de salvar Hyrule, partiu da terra que o tornou uma lenda... Agora que as batalhas travadas através do tempo terminaram, ele embarca numa jornada. Uma jornada secreta e pessoal... Uma jornada para procurar uma inestimável amiga... Uma amiga que desapareceu depois dele cumprir o seu heróico destino e de se tornar uma lenda...""
— Prólogo
Personagens (Majora's Mask)

Obra de arte com várias personagens, cenários e máscaras de Majora's Mask

A história de Majora's Mask encontra-se depois dos eventos de Ocarina of Time. Depois da derrota de Ganondorf, Link é enviado para trás no tempo para poder viver a sua infância. Depois de algum tempo, ele parte numa jornada com a sua égua, Epona, para encontrar um amigo que perdeu depois das batalhas com o mal. O som de fada que é reproduzido assim que a informação desaparece sugere que esse amigo é a Navi, a Fada Companheira de Link que desapareceu depois da aventura em Ocarina of Time.

Tatl e Tael

As fadas Tatl (em cima) e Tael (em baixo) encontram Link e Epona

Enquanto andava por Lost Woods, Link é emboscado e é atirado do cavalo por Skull Kid, um estranho diabinho que usa uma máscara peculiar, e pelas suas duas amigas, as fadas Tatl e Tael. O Skull Kid inicialmente parece reconhecer Link de alguma forma, mas depois ignora isso e leva a Ocarina of Time. Enquanto Skull Kid tenta tocar a ocarina, Link acorda e aproxima-se de Skull Kid; ele tenta agarrá-lo para recuperar a ocarina, mas o diabinho monta na Epona rapidamente e foge pela floresta dentro. Link consegue agarrar-se a Epona por um bocado, mas é depois atirado, e continua a perseguição a pé. Sem mais opções, Link segue-os por uma entrada que dá acesso a uma grande árvore oca. Lá dentro, Link quase que cai num enorme buraco, mas não consegue equilibrar-se e cai.

No fundo do buraco, Link é confrontado pelo regozijado Skull Kid, que afirma ter-se "livrado" do cavalo de Link. Usando os poderes malignos da máscara, Skull Kid transforma Link num Deku Scrub. Quando Skull Kid vai-se embora, Tatl é separada do irmão, Tael, e não tem outra escolha do que pedir a ajuda de Link para se reunir com os companheiros. Depois de navegar por um complexo sistema de cavernas subterrâneas, Link encontra-se com o misterioso Vendedor das Máscaras Felizes, que tem o poder de o transformar de novo à sua forma original, precisando no entanto da Ocarina of Time para o fazer. Em troca, ele pede a Link que recupere a Majora's Mask de Skull Kid.

Majora's Mask Editar

Carnaval do Tempo

Obra de arte do Carnaval do Tempo

Ao sair das cavernas, Link e Tatl vão parar no meio de Clock Town, o centro económico e geográfico de Termina, um mundo paralelo a Hyrule. Eles descobrem que chegaram enquanto a cidade estava a preparar-se para o seu festival anual, o Carnaval do Tempo. A pouco e pouco, Link percebe que uma enorme catástrofe ameaça a terra: a Lua assumiu uma horrível cara maligna e abandonou a sua órbita, indo em direção a Termina. Em três dias, irá embater em Clock Town e destruir Termina inteira. Na noite do terceiro dia, Link encontra Skull Kid e recupera a sua Ocarina of Time. Assim que toca no seu precioso instrumento, Link lembra-se de uma memória da Princesa Zelda a ensinar-lhe a "Canção do Tempo", lembrando-lhe que a Deusa do Tempo irá ajudar Link se ele tocar essa música. Link descobre graças ao irmão de Tatl, Tael, que para derrotar o mal da Majora's Mask, ele deve viajar para as quatro regiões distintas de Termina e salvar "aqueles que lá estão". No entanto, essa é a única pista. Sem mais opções, Link e Tatl tocam a "Canção do Tempo" como lhes foi mandado.

Link e Tatl voltam atrás no tempo e encontram-se de volta ao preciso momento em que chegaram a Termina. Tatl lembra-lhe a promessa que o Vendedor de Máscaras Felizes fez, e o vendedor ensina a Link a "Canção da Cura", selando a maldição de Link numa Máscara Deku, permitindo-lhe transformar-se nele outra vez quando quisesse. No entanto, quando ele percebe que eles não conseguiram a máscara, o Vendedor de Máscaras Felizes, frustado, revela-lhes a verdadeira natureza da máscara ameaçadora; foi criada por uma tribo muito antiga para a usarem nos seus rituais mágicos, mas temendo que usassem a máscara para o mal, eles selaram-na para prevenir um cataclismo mortal. O Vendedor de Máscaras Felizes conseguiu recuperá-la, mas ele também foi emboscado por Skull Kid durante as suas viagens. Assim que obteu a máscara, o Skull Kid inicialmente usou o seu poder para roubar pessoas, mas decidiu mudar a órbita da Lua para destruir Termina. O Vendedor de Máscaras Felizes, que sabe dos atos heróicos de Link, confia nas suas habilidades para reobter a máscara antes que ele parta daqui a três dias.

Pântano e Montanha Editar

Skull Kid e os Quatro Gigantes

Obra de arte dos Quatro Gigantes

Lá fora, Link vai até ao Pântano do Sul, cujas águas foram envenenadas por um montro maligno que apoderou-se do Templo Woodfall. Link eventualmente encontra-se com um grupo de macacos, cujo irmão foi capturado pela Família Real Deku, que governa as terras. Quando ele chega ao Palácio Deku, Link descobre que o macaco foi inocentemente culpado por ter raptado a Princesa Deku. Link consegue esqueirar-se para a cela do macaco, que lhe ensina a "Sonata do Acordar" que abre o caminho para o Templo Woodfall. Aí Link derrota o malvado Odolwa que apoderou-se do templo, e liberta um espírito inocente que estava selado dentro do seu corpo. O espírito, um dos Quatro Gigantes, divindades que protegem as quatro grandes regiões de Termina, ensina a Link a "Ode à Ordem", uma música em que Link pode convocar um Quatro Gigantes para pararem a Lua. Quando Link leva a Princesa Deku de volta ao palácio, o macaco inocente é absolvido, e a paz governa outra vez nos pântanos.

Usando o Arco do Herói que ele encontrou no Templo Woodfall, Link consegue aceder a Snowhead, no norte, onde está a nevar estranhamente. Usando as Lentes da Verdade, Link consegue ver o fantasma de Darmani, um herói morto dos Gorons que reside na montanha. Ele segue o fantasma de Darmani até ao seu túmulo, onde ele conta a sua história a Link, e do seu desapontamento por ter morrido sem poder salvar as pessoas. Tocando a "Canção da Cura", Link consegue curar a sua alma e levá-lo até à dimensão dos mortos; o seu espírito é selado dentro da Máscara Goron, que Link usa para assumir a sua forma. no Santuário Goron, um jovem Goron está a chorar porque o pai desapareceu.

Link eventualmente encontra o Goron Ancião, que pede a "Darmani" para acalmar o seu filho ao tocar-lhe a "Canção de Embalar Goron". No entanto, ele não consegue lembrar-se da música toda. Quando Link toca a canção incompleta ao Filho do Goron Ancião, ele ensina-lhe o resto da canção, antes de cair de sono. Link então toca a "Canção de Embalar Goron" para o Biggoron enfeitiçado que inadvertidamente causou a morte de Darmani, para assim poder entrar no Templo Snowhead. Depois de derrotar Goth, a primavera volta às montanhas. Com a chegada da primavera, Link consegue entrar numa caverna onde vive Madigoron, um fabricante de Barris de Pólvora. Depois de passar por um pequeno teste, é dada permissão a Link para transportar Barris de Pólvora quando lhe apetecer.

Oceano e Desfiladeiro Editar

Usando um Barril de Pólvora, Link consegue ir até ao Rancho Romani, onde ele fica feliz por reencontrar o seu cavalo ainda vivo, apesar das palavras ditas por Skull Kid. Depois de prometer a Romani que a ajudaria a salvar as vacas dos invasores misteriosos, Link aprende a "Canção da Epona", que lhe permite chamar Epona em certos lugares. Usando o seu cavalo, ele consegue saltar as cercas que levam à Grande Baía a oeste. A temperatura da água do mar subiu repentinamente, tornando-a desfavorável à vida marinha. Perto da praia, Link encontra um Zora fatalmente ferido e traz-lo até à costa. O Zora, cujo nome é Mikau, conta a Link os problemas que aconteceram na Grande Baía -- entre eles a captura dos ovos de Lulu, a sua amiga da banda Zora, Os Indigo-Go's -- antes de adormecer para sempre. Link cura a sua alma com a "Canção da Cura", selando o seu espírito na Máscara Zora. Usando a sua nova capacidade de nadar, Link consegue entrar na fortaleza dos piratas que capturaram os ovos da Lulu.

Dentro do edifício, ele ouve uma conversa entre Aveil e um subordinado; enquanto transportavam os ovos do Hall Zora até à sua fortaleza, os piratas foram atacados por Deep Pythons, perdendo três ovos perto da Rocha Pináculo. Link consegue fazer negócio com um Pescador local, e ele dá-lhe um Cavalo Marinho que ele próprio capturou. O Cavalo Marinho, que deseja reencontrar-se com o seu amigo, guia Link até à Rocha Pináculo, onde ele recupera os ovos finais. Link leva os ovos todos até ao Laboratório de Pesquisas Marítimas, onde eles eclodem e ensinam a Link a "Nova Onda da Bossa Nova"; o Professor avisa para ele voltar até Lulu e tocar-lhe a música. Assim que ele o faz, Lulu recupera a voz, acordando a Tartaruga Gigante, um guardião do mar. A Tartaruga Gigante leva Link até ao Templo da Grande Baía, onde ele derrota Gyorg e restaura a água da temperatura.

Usando a máscara que foi dada pelos Irmãos Gorman, Link consegue entrar pelo Desfiladeiro Ikana, a casa outrora orgulhosa de duas nações em guerra. Esta terra inóspita tem muito poucos habitantes; um grupo de Gibdos cercaram uma casa. Link consegue restaurar o fluxo da água, ativando a caixa de música que faz parte da casa. A música faz os Gibdos retirarem-se para debaixo da terra, permitindo à pequena rapariga que vive lá sair livremente outra vez. Link consegue passar por ela e infiltrar-se na sua casa, onde encontra o seu pai deformado, que foi amaldiçoado por Gibdos. Link toca-lhe a "Canção da Cura", selando a maldição na Máscara Gibdo. Assim, Link pode usar essa máscara para atravessar o Poço Vazio, que leva até ao Antigo Castelo de Ikana.

No castelo assombrado, Link encontra Igos du Ikana, Rei de Ikana, e os seus dois guarda-costas. Depois de os derrotar ao trazer luz solar ao forte, Igos conta a Link sobre a maldição que foi lançada a esta terra, impedindo até os mortos-vivos de morrerem. Ele ensina-lhe a "Elegia do Vazio", que pode criar quatro cópias das suas variadas formas, o que lhe permite subir a Torre de Pedra e entrar no templo. Em ordem para completar o templo, Link deve manipular a gravidade. Depois de destruir Twinmold, os mortos-vivos de Ikana podem descansar em paz novamente, e Link resgatou os Quatro Gigantes.

Batalha Final Editar

Quatro Gigantes

Os Quatro Gigantes impedem temporariamente a Destruição de Termina

Gradualmente, Link aprende através dos Quatro Gigantes que Skull Kid já foi amigo deles, e que tiveram de o deixar para trás quando partiram de Termina para guardar a terra no seu sono. Usando a "Ode à Ordem", Link convoca os Quatro Gigantes na véspera do Carnaval do Tempo; eles conseguem de facto impedir a Lua de colidir com a terra, e Skull Kid fica inconsciente. No entanto, quando Tatl e Tael se reuniram para celebrar a sua vitória, a máscara revela que é capaz de fazer o trabalho por si própria; ela entra na Lua e puxa-a para baixo com ainda mais força, impedindo até os gigantes de a aguentarem por muito mais tempo. Embora Tatl implore a Link que voltem atrás no tempo até ao Primeiro Dia, ele percebe que devem destruir o espírito dentro da máscara para libertar a terra. Assim, Link vai corajosamente atrás da máscara.

Dentro da Lua, Link encontra-se num campo pastoral verde, populada por estranhas crianças usando os Restos dos Chefes, e um que tem a Majora's Mask. Se Link trocar todas as máscaras que ele acumulou e resolver os desafios criados pelas crianças, aquele com a Majora's Mask desafia-o para uma luta; e para tornar a batalha mais justa, ele entrega-lhe a Máscara da Divindade Feroz. Depois de Link derrotar as três formas de Majora, a máscara perde o seu poder, e um novo dia nasce. Os Quatro Gigantes, embora tenham de partir outra vez, tornam-se outra vez amigos de Skull Kid, e o Vendedor de Máscaras Felizes recupera a sua máscara. Embora hesitante, Link deixa Termina para continuar a sua verdadeira jornada para procurar a sua amiga perdida, enquanto a população de Termina, feliz, celebra o Carnaval do Tempo.

A cena dos créditos finais revela que Link e Epona voltaram até Lost Woods, enquanto eles montam até uma misteriosa luz que penetra na floresta densa. Num grande toco de árvore estão desenhados Link, Skull Kid, Tael e Tatl e os Quatro Gigantes.

Jogabilidade Editar

Em breve...